Vai viajar para Boipeba-BA? Vem com a gente

A Ilha de Boipeba faz parte do Arquipélago de Tinharé, que compõe o município de Cairu, situado no Baixo Sul da Bahia. Boipeba é cercada de um lado pelo oceano e de outro pelo estuário do Rio do Inferno e se destaca por uma rara beleza natural e grande diversidade dos seus ecossistemas.

Olha que incrível, a região foi reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade e a ilha está integrada à Área de Preservação Ambiental das Ilhas de Tinharé e Boipeba.

Boipeba
Um pouco de Boipeba

Boipeba é o local perfeito para viajantes que preferem passar as suas férias mais próximos da natureza e buscam a paz para relaxar e descansar. O lugar é ideal para desconectar-se por alguns dias e curtir suas praias desertas na sombra dos coqueiros e fazer belos passeios a pé, de lancha ou de canoa. Para quem procura um pouco de divertimento, encontra na vila de Boipeba uma variedade de bares e restaurantes.

Onde fica e como eu chego?

Boipeba é um dos locais de colonização mais antigos da Bahia, pois, em 1537, os jesuítas fundaram a Aldeia e Residência de Boipeba. A ilha é formada pelos povoados de Velha Boipeba, São Sebastião (Cova da Onça), Moreré e Monte Alegre.

Os únicos acessos são marítimo ou fluvial. O acesso fluvial é mais utilizado devido à segurança oferecida pelas águas calmas do estuário. No entanto, este acesso pelos canais é dificultado pela pequena profundidade e existência de bancos de areia.

Para a ilha não atravessam automóveis, sendo os percursos feitos a pé ou de trator. Esta característica desempenha um papel importante na conservação ambiental e provoca a motivação do turismo ecológico.

Caminhos para Boipeba

Segundo informações oficiais da ilha, do aeroporto de Salvador partem pequenos aviões para a Ilha de Boipeba. A viagem demora 30 minutos e de acordo com o movimento têm três horários. Salvador – Boipeba: 8:30, 12:30 e 15:30 e Boipeba – Salvador: 9:15, 13:15 e 16:15. O valor de uma passagem é R$ 610,00.

No terminal marítimo São Joaquim, em Salvador, pega um Ferry-boat que atravessa a Baía de Todos os Santos até Bom Despacho na Ilha de Itaparica. A travessia demora uma hora e uma passagem custa em torno de cinco reais.
De Bom Despacho segue de ônibus (duas horas e meia de viagem e uma passagem custa cerca 20,00 reais) ou de táxi (uma hora e meia de viagem e custo de cerca 250,00 reais) até Valença.

Uma outra opção é pegar um barco terminal marítimo em frente ao Mercado Modelo e partir para Mar Grande, na Ilha de Itaparica. A travessia é mais rápida (cerca de quarenta minutos) e o intervalo é de apenas meia hora. Uma passagem custa em torno de cinco reais. Em Mar Grande pode pegar uma van até Nazaré e de lá seguir de ônibus até Valença ou fretar um táxi que leva uma hora e meia de viagem e custa cerca 250,00 reais. Todas cidades citadas estão no mapa acima e podem ter rotas traçadas pelo google maps para melhor noção de localização.

Quem viaja de carro, têm duas opções: viaja pela BR 101 ou atravessa a Baía de Todos os Santos com o Ferry-boat até Bom Despacho. O destino sempre é Valença. No porto saem lanchas e barcos para Boipeba.

Uma outra opção é seguir a viagem até Torrinha, um lugar pequeno, que fica mais próximo da Ilha de Boipeba e têm pequenos estacionamentos. Para chegar à Torrinha, pega a estrada BA 001 até a cidade Nilo Peçanha. Após passar a cidade, entra num entroncamento para a cidade de Cairu. Nesta estrada cerca de 12 km depois dobra à direita, numa estrada de cascalho de 7 km, que leva até Torrinha.

o que realmente posso fazer na ilha ?

Para que gosta de uma boa trilha e aventura, Boipeba contempla floresta densa da Mata Atlântica, restinga, dunas, extensos manguezais e praias paradisíacas com coqueirais e recifes de grande valor ecológico e paisagístico. Veja o vídeo abaixo.

Floresta na Ilha de Boipeba

Os recifes se estendem pela costa e tornam as praias abrigadas das ondas e correntes. Estes recifes são muitos largos e cortados por canais e poças.

Além disto, Boipeba têm uma grande variedade de corais, algas, peixes, moluscos, ouriços, estrelas e outros. Além disso, pode-se constatar a existência de tartarugas marinhas na região, as quais desovam em diversas praias da ilha.

Outra coisa é que as áreas florestais encontradas na ilha servem como abrigo para diversas espécies da fauna, destacando-se uma grande variedade de aves e colibris, tatus, teiús, raposas e outros.

Eai, vai ficar só olhando? partiu Boipeba.

Informações mais detalhadas e detalhes históricos:

ilha de Boipeba localiza-se no município de Cairu, no litoral do estado brasileiro da Bahia. É vizinha à ilha de Tinharé, onde está situado Morro de São Paulo e com a qual compõe o Arquipélago de Cairu, constituindo-se num apreciado ponto turístico da Bahia.[1] Nesse sentido, foi eleita a segunda ilha mais bonita da América do Sul, atrás apenas da ilha de Páscoa, no Chile, por internautas no Traveller’s Choice 2013, pesquisa promovida pela TripAdvisor. A igreja do Divino Espírito Santo, do início do século XVI, é uma das atrações.

O seu nome deriva da língua tupi, com o significado de “cobra chata”, denominação indígena para alguns tipos de cobra terrícolas. . Fundada no século XVI, a vila de Boipeba, chamada “Velha Boipeba”, também apresenta arruamentos com mais de três séculos de existência.

A ilha possui várias praias: Praia da Boca da Barra, Praia de Tassimirim, Praia da Cueira, Praia de Moreré, Praia de Bainema, Praia da Cova da Onça, Praia da Ponta dos Castelhanos ou Catu. Apresenta vegetação típica da mata atlântica, com árvores frutíferas nativas, várias espécies de palmeirasrestingasrecifes de corais e manguezal.

rafablogg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo
close