Vai a París? pega a dica

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, com uma população estimada em 2020 de 2 148 271 habitantes em uma área de 105 quilômetros quadrados.[1] Desde o século XVII, Paris é um dos principais centros de finanças, diplomacia, comércio, moda, ciência e artes da Europa. A cidade de Paris é o centro e sede de governo da região administrativa de Ilha de França, que tem uma população estimada em 2020 de 12 278 210 habitantes, ou cerca de 18% da população da França.[1] Em 2017, a região de Paris teve um PIB de 709 bilhões de euros.[2] De acordo com a Pesquisa de Custo de Vida da Economist Intelligence Unit em 2018, Paris era a segunda cidade mais cara do mundo, atrás apenas da Singapura e à frente de ZuriqueHong KongOslo e Genebra.

Torre Eiffel

Clima em Paris

París
Clima em París

A cidade é encantadora em todas as épocas do ano e a escolha do período vai depender muito dos gostos e objetivos de cada um. No verão, a temperatura média máxima fica na casa dos 25°C, as ruas bem mais cheias, festivas, e o clima –  quando ameno – incentiva a caminhada. Este ano, inclusive, a França bateu alguns recordes de calor no continente. Para enfrentar a temporada sem derreter, é preciso se preparar, usando roupas leves, hidratando-se bastante e, claro, besuntando-se de filtro solar.

A primavera, na nossa opinião, é um dos melhores períodos para visitar a cidade, que estará mais colorida e com clima bom, mínimas em torno de 11°C e máximas na casa dos 20°C. A época é perfeita para os apaixonados por fotografia, mas não tão boa para aqueles que sofrem com alergia ao pólen. Aproveite o período para sentar-se em um dos famosos cafés parisienses e observar o delicioso vaivém das ruas da capital francesa.

Mas se você é daqueles que curtem um friozinho, não pode perder o outono. Uma temporada pra lá de charmosa, com paisagens belíssimas, mais bucólicas, ou mesmo o inverno, este com temperaturas bem mais baixas. Planejando uma viagem a paris no fim do ano? Não deixe de colocar na mala itens como, por exemplo, cachecol, luvas, meias térmicas e casacos que ajudem a suportar um frio de 7°C (média/máxima) e 3°C (média/mínima).

Berço da cultura e da arte, a capital francesa é um destino que merece ser explorado a fundo e para isso é necessário um certo tempo. O ideal é que o visitante reserve ao menos três dias inteiros de estadia na cidade, período que, ainda assim, pode não ser suficiente, dependendo da quantidade de atrações a serem visitadas.

Voos diários partem das principais capitais brasileiras com destino ao Aeroporto Charles de Gaulle, que fica 20 quilômetros, a nordeste, de Paris. Tanto aqui no site, quanto no app do Melhores Destinos você vai encontrar passagens a preços imperdíveis. 

Boa parte dos voos fretados ou nacionais acaba chegando ao Aeroporto de Orly — 14 quilômetros ao sul de Paris. Charles de Gaulle e Orly estão conectados por ônibus que saem a todo momento, sem contar com as opções de transporte até o centro de Paris.

Aqueles que já estiverem na Europa podem acessar a capital francesa de trem, muito mais rápido, em alguns casos, e mais agradável. Paris possui várias estações que estão reunidas dentro dos 15 primeiros bairros da cidade, entre elas a famosa Gare du Nord, localizada na região central da capital. Lá chegam (e partem) trens provenientes de Londres, Bruxelas, Amsterdã, Berlim, entre outras capitais.

A viagem de Londres até Paris é feita no trem de alta velocidade Eurostar e tem duração de pouco mais de duas horas. O Eurostar viaja pelo túnel do Canal da Mancha, num percurso de mais ou menos 50 quilômetros ao longo do Canal. Lembrando que a Inglaterra não faz parte do tratado de Schengen, portanto, ao sair do país é preciso passar pela imigração. 

Deixe um comentário