free html hit counter

Morro de São Paulo é um distrito no município brasileiro de Cairu, na Bahia. Possui suas raízes históricas na época do Brasil Colônia. Situado na Ilha de Tinharé, na Costa do Dendê, possui as seguintes praias: Primeira, Segunda, Terceira, Quarta, Quinta (ou do Encanto), Gamboa, do Pontal e Garapuá.

O que me atrairia até lá?

Existe um passeio chamado “Volta a ilha de Tinharé”. Sai todos os dias da terceira praça com destino as piscinas naturais de Guarapuá, piscinas naturais de Moreré e as prais de boipeba.

Passeio de volta a ilha de Tinharé

Existe em Morro, um lugar chamado de vilarejo da Gamboa, da para ir caminhando da vila de Morro até lá, com a maré baixa. Da também para pegar um barco no cais e ir para ilha de Gamboa.

Ilha de Gamboa

No lugarejo de Garapuá, se consegue vistas dignas de cinema. O passeio até Garapuá é feito de barco pelas piscinas naturais ou com carros 4×4 que sai do receptivo da segunda praia. Em Garapuá há um pequena infraestrutura turística com algumas pousadas restaurantes em quiosque na frente praia.

Guarapuá

Morro de São Paulo tem diversos pontos de mergulho também, possibilitando uma linda observação da fauna e dos corais. Isto é possível de ser feito na terceira e quarta praia.

Um usuário publicou sua experiência com Mergulho por lá.

História:

A região do Recôncavo Baiano era habitada, até o século XVI, pelos tupinambásMartim Afonso de Sousa desembarca na ilha em 1531 e a batiza com o nome de Tynharéa. Devido à sua localização geográfica privilegiada, foi cenário de inúmeros ataques de esquadras francesas e holandesas, verdadeira zona franca de corsários e piratas durante o período colonial.

Sob a jurisdição da capitania de São Jorge dos IlhéusJorge de Figueiredo Correia recebeu a propriedade de dom João III, e designou Francisco Romero para a colonização das terras. Os constantes ataques dos índios aimorés e tupiniquins à população continental da região favoreceram a rápida povoação das ilhas, e em 1535 nascia, no norte da ilha, a vila Morro de São Paulo.

Morro de São Paulo protegia a chamada “barra falsa da Baía de Todos os Santos“, entrada estratégica para o Canal de Itaparica até o Forte de Santo Antônio (atual Farol da Barra). O canal de Tinharé era essencial no escoamento da produção dos principais centros para o abastecimento da capital, Salvador. A importância geográfica da ilha durante o período colonial justifica a riqueza de monumentos históricos, hoje protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional.

No contexto da recuperação da Fortaleza do Morro de São Paulo, foi anunciada a abertura para março de 2017 do Museu de Território do Forte de Morro de São Paulo, em seu núcleo inicial.

É isto, agora é partir para a viagem. Para ainda informações mais detalhadas, Morro tem um portal: https://morrodesaopaulo.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *